Blog

Suplementar nas águas?

25Fev / 2016

Suplementar nas águas?

Muito se fala sobre a suplementação na época da seca, em que os recursos basais são escassos e de menor qualidade, fornecendo poucos nutrientes aos animais; mas pouco se escuta da época das águas, em que as pastagens são de melhor qualidade nutricional, que fornece maior quantidade de nutrientes aos animais dando condições para maiores ganhos de peso. Por que não suplementar nas águas?

Ainda hoje existem pecuaristas que se enganam ao achar desnecessária a suplementação na época das águas. Segundo Pedro Veiga, gerente global de tecnologia - Bovinos de Corte, com o pasto de melhor qualidade as exigências de minerais e vitaminas são aumentadas e mesmo nesse período do ano as quantidades de proteína podem não ser suficientes para maximizar o ganho de peso.  Assim, além de garantir disponibilidades de forragens, o mínimo a ser feito é uma suplementação mineral-vitamínica, e o uso de um proteinado, pode ajudar a manter o desempenho constante dos animais, minimizando a flutuação do teor de proteína bruta do pasto.

O preço do boi magro está em alta e a procura por esses animais também. O uso de tecnologias torna-se cada vez mais necessário para intensificar o sistema e obter um produto de qualidade com menor tempo. Como foi dito, nas águas as pastagens são de melhor qualidade, e os animais possuem melhores condições para ganhar peso, por isso, garantindo a oferta de forragem, a suplementação nesta época torna-se uma boa estratégia para intensificar o sistema.

João Victor Tino Dellaqua
Graduando em Zootecnia
FCAT – UNESP Dracena

Comente:

Fundada em 1951, a COIMMA é hoje a maior fabricante de balanças e troncos da América Latina.Saiba Mais!