Conhecendo as raças bovinas criadas no Brasil: Charolês

26Jun / 2020

Conhecendo as raças bovinas criadas no Brasil: Charolês

Neste artigo da série especial “Conhecendo as raças bovinas criadas no Brasil” vamos falar sobre o Charolês, raça de origem francesa que foi difundida inicialmente por apresentar um grande volume de massa muscular e que, agora, na era da pecuária de corte de excelência, em que carne de alta qualidade é premissa básica, a raça busca seu espaço para atender essas demandas. 

Continue a leitura para conferir todas as peculiaridades dessa raça!  

Raça Charolês: sua origem 

O bovino Charolês é nativo da região central da França, em Charolais, localizado entre os rios Loire Saone. Muito antiga, sua raça ancestral provavelmente apresentava muitas características comuns ao gado Simental, da Suíça. 

 Desenvolveu-se na França a partir do século XVIII, e apesar de aptidão tripla (carne, trabalho e leite) se despontou como excelente fornecedor de carne e animal de tração, devido ao fato de ser um bovino musculoso, sem tendência a depositar gordura na superfície. 

 O aperfeiçoamento de sua estrutura corpórea, espessura da abundante massa muscular, peito profundo, membros longos, favoreceram muito a criação da raça - facilitavam seu deslocamento nas pastagens em busca de água em pontos mais distantes. 

Atualmente, 68 países dos cinco continentes e sob os mais variados climas têm no Charolês uma raça privilegiada.  

 O Charolês em terras verde e amarela 

Já no Brasil, o estado de entrada da raça foi o Rio Grande do Sul, onde seu crescimento e popularização foi tanta que se encontra o maior rebanho de Charolês do mundo. Mas é importante ressaltar que a raça também apresenta adeptos em diversos outros estados do país.  

Características da raça  

Sem dúvidas o ponto forte da raça é o fato de ter a capacidade de produzir grande massa muscular, com pequena capa de gordura. Mas quando associada sua qualidade à rusticidade e adaptabilidade a uma ampla variedade climática, o Charolês se torna uma raça bastante indicada para produzir a carne que o mercado contemporâneo demanda.  

Além disso, reúne características interessantes como: grande porte, tanto na altura como no comprimento, estrutura óssea e musculatura robustas, excelente rendimento de carcaça e precocidade nos cruzamentos e nos abates. 

A raça também é extremamente versátil no que diz respeito a manejo, cruzamentos com outras raças e alimentação. Ganha peso satisfatoriamente, produzindo carcaça de excelente qualidade com uma elevada proporção de gordura intramuscular (marmorização). 

 

  

Comente:

Fundada em 1951, a COIMMA é hoje a maior fabricante de balanças e troncos da América Latina.Saiba Mais!