Guilhotinas Tubulares

GUILHOTINAS TUBULARES

Troncos de contenção

Sobre:

Um novo projeto de Guilhotinas para os Troncos foi desenvolvido e executado, trazendo como benefícios para o operador do Tronco, mais leveza no manejo e maior facilidade de operação.As Guilhotinas, também chamadas de Cepos por alguns, são aquelas pinças responsáveis pela contenção ou imobilização do animal no Tronco, segurando-o pela tábua do pescoço (Pescoceira) e pelo vazio (Virilheira ou Vazieira). Elas trabalham movimentadas manualmente por alavancas que por sua vez, são acionadas por sistema mecânico de cremalheira (ou catraca) ou por sistema hidráulico com pistões.

As novas Guilhotinas Tubulares estão sendo implementadas em todos os Modelos de Tronco e são de dois tipos:

- Guilhotina mista, com estrutura tubular de aço combinado com madeira e borracha, nas Pescoceiras.


Guilhotina Pescoceira

Por exemplo: no Tronco Modelo Convencional, com 2 Pescoceiras, ambas são as da foto acima. No Tronco Modelo Americano, que tem 1 Pescoceira, também é a mesma da foto.

- Guilhotina tubular, em aço e madeira, para Virilheira ou Vazieira.


Guilhotina Virilheira

Por exemplo: as Virilheiras dos Troncos Modelo Convencional e Standard (1 Virilheira em cada Modelo), são as da foto acima.

Vantagens do novo projeto

A estrutura é produzida com tubos de aço carbono, tratada com fosfatizantes e pintura a pó (epox). Possui alta resistência mecânica e longa durabilidade devido a proteção contra corrosão prematura.

A nova Guilhotina é mais leve, o que facilita o manejo pelo operador do Tronco.

(Observação: Algumas fotos de Troncos exibidas atualmente no site mostram Guilhotinas inteiriças de madeira e serão substituídas aos poucos por fotos de Troncos já com as Guilhotinas Tubulares).

Fundada em 1951, a COIMMA é hoje a maior fabricante de balanças e troncos da América Latina.Saiba Mais!