Bem-estar animal - bom para o rebanho, bom para o seu bolso!

07Jun / 2018

Bem-estar animal - bom para o rebanho, bom para o seu bolso!

A falta de práticas de bem-estar animal causam prejuízos milionários à pecuária. Não caia nessa!

Quem trabalha com pecuária sabe: cada detalhe conta e faz a diferença na busca pelo melhor resultado. Nutrição, sanidade, genética e manejo são pilares fundamentais para o bom funcionamento da cadeia produtiva, e negligenciar qualquer um desses pontos pode trazer prejuízo ao produtor.

“Tocar a boiada com jeito, para que não se machuque na fazenda e também no trajeto até o frigorífico, é um dos trabalhos mais importantes na pecuária. Sem esse tipo de cuidado, as perdas de carne, por contusão, podem colocar por terra o árduo trabalho de cerca de três anos para se criar um bovino.” diz o pecuarista Rodrigo Penna de Siqueira, diretor do grupo Otávio Lage, com sede em Goianésia (GO), em entrevista para a revista Dinheiro Rural.
De acordo com um trabalho de pesquisa feito pelo professor Mateus Paranhos, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), no campus de Jaboticabal, metade dos cerca de 40 milhões de animais abatidos no País anualmente apresentaria pelo menos um hematoma na carcaça; perdendo-se em média 500 gramas de carne em cada lesão.

Como as áreas lesionadas devem ser descartadas, seguindo a legislação brasileira, esses hematomas deixam as peças de carne menores e com qualidade afetada, não chamando a atenção do consumidor, que deixa de comprar.

Manejo eficiente: a solução para poupar o bolso.

Para evitar este tipo de prejuízo, atualmente, a prática do manejo segue orientações baseadas nas normas de bem-estar animal. Desta forma, o gado criado no pasto vai para o curral sem estresse e para o período de engorda o mais tranquilamente possível. 

Neste cenário, a escolha de um tronco de contenção que permite um manejo de qualidade e atende os principais requisitos de segurança, conforto e agilidade faz toda a diferença na obtenção de carne de qualidade e, consequentemente, na geração de lucro.

Pensando nisso, a Coimma desenvolveu o Megatron, tronco hidráulico de contenção animal, projetado com tecnologia inovadora. 
Em nossa web série “Lucro Por” você acompanha histórias de sucesso de propriedades que investiram no uso do Megatron e conhece os benefícios de um manejo eficiente na geração de lucro.
Assista ao 1º episódio aqui!

Comente:

Fundada em 1951, a COIMMA é hoje a maior fabricante de balanças e troncos da América Latina.Saiba Mais!